Offcanvas Section

You can publish whatever you want in the Offcanvas Section. It can be any module or particle.

By default, the available module positions are offcanvas-a and offcanvas-b but you can add as many module positions as you want from the Layout Manager.

You can also add the hidden-phone module class suffix to your modules so they do not appear in the Offcanvas Section when the site is loaded on a mobile device.

Pages

A Sesau (Secretaria Estadual de Saúde) quer tornar o atendimento cada vez mais acolhedor nas principais unidades hospitalares do Estado. Para isso, foi lançado um plano de ação para sensibilizar os servidores para um atendimento mais humanizado.

 

As ações já contemplaram 421 colaboradores do HGR (Hospital Geral de Roraima Rubens de Sousa Bento) e da CECM (Clínica Especializada Coronel Mota). Outras duas unidades de saúde também receberão as palestras.

 

Por ser o principal hospital do Estado, o HGR foi a primeira unidade a receber a capacitação. Foram 344 profissionais envolvidos, entre enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem.

 

A coordenadora de Gestão do Trabalho e Educação em Saúde, Consolata Alves, explicou que esta é uma formação não-obrigatória, com duração de oito horas e abrange todas os profissionais da área de saúde.

 

“Embora o treinamento seja aberto a todos os profissionais, nosso público-alvo são os profissionais de enfermagem das unidades de saúde, que permanecem maior tempo em contato com o paciente”, explicou.

 

A psicóloga do HGR e ministrante do curso, Cristina Silva, ressaltou que o Ministério da Saúde possui a PNH (Política Nacional de Humanização) e é com base nesta orientação que a Sesau vem trabalhando para sensibilizar os funcionários para humanizar o atendimento.

 

“O nosso objetivo é introduzir e fortalecer as atitudes de atendimento humanizado dentro das unidades de saúde, para melhorar a assistência aos usuários”, explica.

 

As próximas unidades do Estado a receberem a formação serão o HMINSN (Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth), PACS (Pronto Atendimento Cosme e Silva) e Hospital Regional Sul Ottomar de Sousa Pinto.

 

Os funcionários interessados na formação devem se inscrever na própria unidade de saúde onde prestam serviço.

 

O processo de humanização nos atendimentos não é realizada numa ação isolada, devendo ser adotada como um processo contínuo. Desta forma, a Sesau pretende promover, posteriormente, cursos mais específicos de 40 horas, por meio da ETSus (Escola Técnica de Saúde do Sistema Único de Saúde) para aprofundar e melhorar as práticas de atendimento humanizado.

 

INVESTIMENTO NOS PROFISSIONAIS - Para melhorar o atendimento nos hospitais, o Governo do Estado investe também na melhoria do espaço físico e na valorização dos funcionários.

 

Para aliviar o déficit de profissionais em função do aumento na demanda, o Governo do Estado convocou recentemente mais de 300 novos servidores, o que vai significar um acréscimo de quase 20% em recursos humanos.

 

Além disso, a Sesau deu andamento às progressões funcionais dos servidores da Saúde, o que não era realizado há mais de 12 anos; iniciou o pagamento do retroativo das progressões funcionais a profissionais que tinham direito desde maio de 2008 e ampliou a GAE (Gratificação de Assistência Específica), antes restrita aos profissionais da assistência nos centros cirúrgicos, UTIs (Unidade de Terapia Intensiva) e Trauma, passando agora a atender profissionais que atuam nos blocos, que passaram a contar com um acréscimo de 12% nos salário.

 

Aliado a isso, a Sesau investe em capacitações e cursos de formação, que garantem a melhoria na assistência à população nos hospitais e unidades de saúde do Estado.